Você aí que está lendo, já sentiu que os dias em 2021 parecem estar mais curtos, como se não restasse mais tempo para nada?

Todos nós sabemos que, todos os dias, o planeta Terra completa uma rotação – é assim que sempre foi. Por isso, meio que presumimos que a Terra gira mais ou menos na mesma taxa todos os anos. No entanto, os cientistas estão teorizando que a Terra de alguma forma girou mais rápido que o normal no ano passado.

Se a Terra está girando mais rápido, o que isso significa para a humanidade?

A Terra está girando mais rápido?

Ninguém gosta de ser portador de notícias estranhas, mas sim, de acordo com o LiveScience, a Terra está de fato girando mais rápido.

Isso significa que os dias em 2020 foram relativamente mais curtos, astronomicamente falando, do que o ano anterior.

Claro, é um pouco mais complicado do que isso. Normalmente, a Terra leva cerca de 86.400 segundos para girar em seu eixo, ou fazer uma rotação completa de um dia, embora se saiba que flutua aqui e ali.

A Terra já girou mais rápido antes?

De acordo como TimeandDate, a última vez que cada dia do ano foi inferior a 86.400 segundos foi em 1937. Em 2020, esse recorde foi quebrado 28 vezes. É isso mesmo, caros leitores, 2020 é o ano que continua dando o que falar. O veículo LiveScience relata que o planeta tem desacelerado de modo significativo nas últimas décadas, mas essas mudanças adicionais são um tanto incomuns, para dizer o mínimo.

PROPAGANDA

Por que a Terra giraria mais rápido?

De acordo com uma pesquisa realizada em 2003, certos fatores podem ter um impacto na velocidade ou lentidão da rotação da Terra. Esses fatores não são de origem celestial, como se pode acreditar, mas são o resultado de padrões climáticos e outras mudanças atmosféricas no próprio planeta. Os ventos, mudanças na pressão atmosférica, até mesmo tempestades severas como El Niño, são fortes o suficiente para afetar a rotação do planeta.

Isso pode significar que as mudanças climáticas podem impactar a rotação do planeta. Na verdade, de acordo com a New Scientist, existe alguma correlação comprovada entre o aquecimento global e uma rotação mais rápida. Isso se deve ao derretimento das calotas polares e à elevação dos oceanos, o que cria uma mudança na distribuição de massa do planeta.

É ruim que a Terra esteja girando mais rápido?

A maioria provavelmente não notou que 2020 era um pouco mais curto do que os demais anos, mas pode resultar em pequenas mudanças na duração dos dias em 2021.

De acordo com o USA Today, cada dia pode acabar sendo 0,05 milissegundos mais curto. Isso se traduz em um novo segundo salto, um conceito observado pela primeira vez na década de 1950, quando os cientistas começaram a estudar as mudanças por meio de um relógio atômico.

Provavelmente não sentiremos a mudança neste ano, embora haja alguns setores e sistemas que enfrentarão problemas menores.

O USA Today também relata que, alguns sistemas de computador, especificamente nas áreas de navegação GPS, voo espacial, satélites, mercado de ações e aqueles usados ​​por astrônomos serão impactados de alguma forma por esses dias encurtados. Mesmo assim, o impacto não deve ser grave o suficiente para causar problemas sérios.

Gostou do artigo? Siga-nos no Google Notícias e compartilhe nas redes sociais!

PROPAGANDA

Por Felype Oliveira

Felype Oliveira é criador do Café com Net, além de administrar a revista digital, também atua como social media, web designer e roteirista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *