A Olimpíada de Tóquio (Japão) tem confirmado o que os resultados que antecederam o evento vinham indicando: é a melhor fase do tênis de mesa do Brasil na história. Após dois mesatenistas chegarem simultaneamente às oitavas de final do torneio individual entre os homens e um deles, Hugo Calderano, alcançar às quartas, todos feitos inéditos, a seleção masculina se classificou neste domingo (1º) às quartas da disputa por equipes, também pela primeira vez.

Sexta melhor seleção do mundo entre os homens pelo ranking da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF), o Brasil superou a Sérvia (42ª) por três vitórias a duas, na melhor de cinco partidas. Nas quartas de final, os brasileiros terão pela frente a Coreia do Sul, algoz nos Jogos do Rio de Janeiro, em 2016. O duelo contra a equipe asiática, a quarta do mundo, será nesta segunda-feira (2), às 2h30 (horário de Brasília).

PROPAGANDA

No feminino, também neste domingo, o time nacional foi superado por Hong Kong, favorito a medalha, por três vitórias a uma. As brasileiras estão no 25º lugar no ranking de equipes da ITTF. As rivais aparecem em quinto.

Vale lembrar que, entre os homens, o Brasil tem, atualmente, cinco mesatenistas entre os 100 melhores do mundo, sendo que Calderano figura no top-10, em sétimo. No feminino, Bruna Takahashi se tornou a primeira atleta do país a aparecer entre as 50 mais bem colocadas do ranking da ITF, posto que mantém desde 2019.

PROPAGANDA

Por Felype Oliveira

Felype Oliveira é criador do Café com Net, além de administrar a revista digital, também atua como social media, web designer e roteirista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *