O Ministério da Saúde distribuiu, para todo o Brasil, mais de 13 milhões de doses de vacinas Covid-19 entre os dias 13 e 19 de maio. Em uma semana, o ministério enviou para as capitais lotes com 3,6 milhões de doses da vacina da AstraZeneca/Fiocruz e 1,9 milhão da Coronavac/Butantan. Na sexta-feira (14), estados e Distrito Federal começaram a receber mais uma remessa com 999,4 mil doses do Butantan.

E, nesta semana, mais uma leva de vacinas foi distribuída para todo o País. De terça (18) até esta quinta-feira (20), foram enviadas mais de 6,4 milhões de doses: D,7 milhões da AstraZeneca/Fiocruz; 1,08 milhão da Coronavac/Butantan; e 647 mil doses da vacina da Pfizer/BioNTech. As orientações e os grupos prioritários a serem vacinados são atualizados toda semana pela pasta.

PROPAGANDA

A estratégia de distribuição de vacinas Covid-19 é revisada semanalmente em reuniões entre União e representantes das secretarias estaduais e municipais de saúde, observando as confirmações do cronograma de entregas por parte dos laboratórios. O objetivo é garantir a cobertura do esquema vacinal no tempo recomendado de cada imunizante: quatro semanas para a vacina do Butantan e 12 semanas para as da Fiocruz e da Pfizer.

A força-tarefa é uma das ações do Governo Federal para ampliar cada vez mais a vacinação contra a Covid-19 no País. Desde o dia 18 de janeiro, início da campanha, aproximadamente 90 milhões de doses já foram distribuídas para todas as Unidades Federativas — dessas, 55 milhões foram aplicadas até o momento.

PROPAGANDA

Por Felype Oliveira

Felype Oliveira é criador do Café com Net, além de administrar a revista digital, também atua como social media, web designer e roteirista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *