Com o coronavírus, a ansiedade está em alta é um sofrimento por antecipação, pois estamos vivendo com o pânico do futuro, isso atrapalha no processo de tomada de decisão. A ansiedade é uma ausência de controle, uma excessiva agitação que confunde o real do imaginário.

PROPAGANDA
Ansiedade é um sistema de alarme ela é mais fantasiosa, as pessoas ficam focadas sempre no pior. E com isso não consegue andar, não tem evolução. O imediatismo causa ansiedade.
A pandemia está nos convocando a desacelerar, pois antes ficávamos o tempo todo querendo atender todas as expectativas, pois ficávamos refém do olhar do outro, buscando se enquadrar. E no momento atual a ansiedade vem à tona, pois coloca em dúvida o futuro, criando uma fantasia em relação ao pior. O ansioso fica sempre preocupado com  que o outro está pensando.
Ela desencadeia também insônia, pesadelos constantes, dúvida da própria competência.
Segundo os dados da OMS (Organização Mundial da Saúde) alguns sintomas são:
Sensação de fraqueza e cansaço, boca seca, dor ou perto no peito, aumento do batimento cardíaco, suor excessivo, náuseas, diarreias, problemas gastrointestinais, tensão musculares, mãos e pés frios ou suados, agitação dos braços e pernas, tremores nas mãos ou em outras partes do corpo.
Descontrole dos pensamentos, tensão, nervosismo, dificuldade de concentração, medo constante, irritabilidade e insegurança, preocupações excessivas, problemas com sono como eu  já citei logo a cima.
Quando sentir esses sintomas, procure um profissional.
 
Dicas para controlar a ansiedade:
Crie bons hábitos, cuide da sua saúde física, com caminhada, academia, meditação, cuide da sua alimentação, desligue-se de informações negativas, leia um bom livro, procure assistir filmes de comédia.
Seguindo a linha de pensamento do Dr. Ricardo Baracho, diga para si mesmo “Eu não sei como será meu futuro ligado a esse assunto, mas quando eu precisar de mim minha inteligência prevalecerá”.
SOBRE O AUTOR
 
Simone Navarro
Instagram: @navarro.simone
 
Psicanalista, terapeuta floral, Pedagoga, Coach.
  • Especialista em Saúde Mental e Dependência Química.
PROPAGANDA

Por Simone Navarro

Simone Navarro é uma psicanalista, terapeuta floral, pedagoga, coach. É especialista em Saúde Mental e Dependência Química.

4 comentários em “Como Identificar uma Crise de Ansiedade”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *